.
.


.
.

as férias | dia zero

fim de semana de baptizado, voltei a estar com pessoas que não via há demasiado tempo e voltei a perguntar-me porquê? e depois vem a vida lembrar que ando sempre a correr de um lado para o outro -às vezes esqueço-me
o miúdo levou o skate e caiu e eu vi a vida a andar correr para trás com as dores na anca e a mão a inchar. gelo durante toda a tarde e mimo das fãs que por lá arranjou enquanto se exibia nas manobras e nos saltos. a mão do miúdo continua inchada e está neste momento no massagista para avaliar os danos, e tratar, espero
hoje é o dia zero da viagem e ontem quando me deitei a organizar mentalmente as minhas listas, tinha a certeza absoluta de estar prestes a sofrer um avc, tinha também uma dor do lado direito, na barriga e uma ligeira dor de cabeça, ou seja, estava a morrer em vésperas de passeio. o meu cérebro ordenou ao meu corpo que dormisse e não fizesse filmes de uma velha de oitenta anos, e eu fiz-lhe a vontade. acordei, vim trabalhar esta manhã, de tarde arrumo a vida dentro de uma mala e guardo-a no carro, dou uma ultima vista de olhos pela lista, pelo mapa, pelo trajecto, confiro, volto a dormir se conseguir e parto. um dia destes volto, talvez volte aqui também

[entretanto também descobri que há musica especifica para fazer as malas]

ferias | os planos

sevilha | algarve | costa vicentina | capital | oeste [porque é muito bom ir mas a nossa casa fica à espera]

se entretanto quiserem agora sou eu a aproveitar-me de quem passa por cá ser para lá de super fixes e contar-me segredos, ou sugerir comida da boa, por exemplo qualquer coisa, estou disponível e aberta [e tentada] a acatar todas

nota : inclui aniversário e vou passear no eléctrico 28 como fiz no mesmo dia há vinte anos atrás e foi vai ser tão bom

vamos de férias | tenho medo

são os se's: se nos chateamos? | se o miúdo anda contrariado o tempo todo? | e a viagem? se corre mal? | e os vouchers, se acontece como com a Ana que comprou uma noite numa casa fantástica e afinal não era nada daquilo, e se nos acontece o mesmo? com a diferença que estaremos no país vizinho e sem amigos por perto? | e se nos perdemos uns dos outros? | e se nos sentimos mal?
ultimo dia de trabalho antes das tão esperadas férias, andava ansiosa por escrever isto, porem o medo tomou-me de assalto. o ultimo dia de trabalho antes das férias é sempre movimentado, mais complicações, problemas, imprevistos e o pensamento que o tempo voa e eu não vou conseguir deixar tudo resolvido a tempo. desta vez não. desta vez está tudo tratado, tudo organizado, é meio dia e eu tenho ainda cinco horas de emprego até às férias. sinto o mesmo nervosismo que em pequena antecedia as férias grandes em lisboa, agora em grande porque o nervosismo também cresce e se quando era mais nova ficava nervosa por dois segundos e meio e passava, desta vez instalou-se entre o estômago e a garganta e aqui anda para cima e para baixo. embora não quisesse admitir, a verdade é que estou com medo. cheia de medo. são as primeiras férias em família e isso dá-me medo, também me trás ansiedade da boa, mas o medo vem junto. há demasiados se's instalados ou então é demasiada convivência com pessoas preocupadas e fiquei ansiosa por contágio. eu não era assim, nunca fui assim, pelo contrário, aventureira e despreocupada, sem pensar muito onde ir, o importante era ir. agora dou comigo a fazer lista e percursos organizados, horários mais ou menos estabelecidos e pergunto para mim mesma: onde está a aventura? talvez seja da idade e talvez também já esteja na hora de assentar os pés no chão e começar a programar as coisas com alguma responsabilidade. aceitar que as viagens aventura já não são para a minha idade, pelo menos quando se leva um filho e quando se vai pela primeira vez em familia. vou de férias, tenho medo e estou ansiosa mas tenho também a certeza que esta semana é a certeza e o prolongar daquilo que somos: felizes

mais de mim


      tinha um desafio perdido nos rascunhos, há muito, muito tempo
      hoje foi o dia de o aceitar | cumprir. cá vai
  • onze factos sobre mim | sou feliz | vivo no campo | sou mãe | encontrei o amor da minha vida | sou escuteira | tenho um blog | sou aventureira | faço anos este mês | não gosto de sair à noite | gosto de correr | sou feliz |
  • como surgiu a ideia? | o nome do blog? | o que significa para ti? | é isto
  • a viagem da minha vida | é para a semana

ideias adolescentes




depois de mais um dia de apanha de fruta deduzi que o miúdo não pudesse com uma gata pelo rabo enganaste! ainda assim arrisquei pedir ajuda numa das tarefas que tinha para fazer. o meu rico-filho cumpriu e está registada a nova e preguiçosa divertida forma de despejar lixo